Deixe exemplos, e não pessoas…

8 Jun

As vezes perdemos alguém. A pior forma de perder alguém, é quando deixamos que se perca. Deixar de falar, ver ou sentir alguém é talvez a melhor forma de se entregar. De perder a si mesmo. Claro que me refiro a alguém, e não a qualquer um. As vezes é um amigo, uma irmã, uma avó, um tio, uma mãe ou um pai, mas é sempre alguém. A vida não vai te levar por isso, nem mesmo te abandonar, mas estarás entregando um pedaço de ti ao acaso. Os motivos pra jogar ao alto fotos e memórias futuras, que nunca existirão, são os mais tolos possíveis. Discussões, desentendimentos, mau humor…projetamos nesse alguém nossos mais profundos sentimentos, e a falta deles. Quando nos demos por conta, perdemos alguém, e queres saber? É a melhor coisa que há, o ‘dar-se por conta’. É inenarrável o momento em que a lágrima corre ao rosto e os abraços se cruzam. Simplesmente inenarrável, de uma estranheza tal que, se não fosse pela mágoa que antecede, seria meu remédio propulsor de cada dia, o momento redentor. Como é bom saber que sempre que te perder, posso recorrer ao futuro e me entregar de volta a ti, mesmo temendo um dia ser tarde de mais. Ouço cada segundo como um tic-tac bombástico, esperando o momento certo para aniquilar minhas chances de te reaver. O tempo não é tão misericordioso como nós, nem tão volátil. E um dia é exatamente isso, o tempo e a vida te levam, mas eu não. E se Ele ou seja quem for, me permitir a graça, estarei ao teu lado, listando incansavelmente, como se em uma eterna folha de papel pautada amarela, todos os grandiosos momentos ao teu lado, e todas as lições que da tua vida saíram. Não se mede uma vida pelos méritos vividos, e sim pela quantidade de pessoas que seguem seu exemplo. Deixe exemplos, e não pessoas para trás!

Fernando A. P.

Acho que vale a postagem, reflexão feita após (re)assistir ao filme “Antes de Partir”. Fica a recomendação, assistam e reflitam sobre a vida. Sobre quem já foi, e sobre quem pode voltar! Se é que me entendem.

Uma resposta to “Deixe exemplos, e não pessoas…”

  1. Mari Raugust (Passarela estreita) 10/06/2012 às 10:08 #

    texto incrível!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: