Segunda-Feira Romântica com James Blunt!

17 Jan

O inglês James Blunt aterrissou no Teatro do Sesi na noite de ontem, 16 de janeiro, para o encantamento de centenas de fãs apaixonadas.

Logo na entrada do lobby do Teatro foi instalado um stand ao lado do bar, onde se encontrava as espumantes. As taças que circulavam pelo lobby denunciavam que o público esperado não seria teen como muitos supunham, e sim repleto de casais. O clima criado por Blunt era perfeito para finalizar uma noite de segunda-feira. As letras do rapaz são puro romantismo e a melodia é aquela que pede um abraço. Mas mesmo nesse clima de puro love existe um toque de sensualidade, e entre uma que outra letra, um agito inesperado, que coloca mais de metade do Teatro de pé para balançar um pouco o corpo.

O cantor fez uma entrada triunfal, pelo meio dos fãs, lá de cima até o palco, em um desfile mágico para aqueles que por alguns segundos puderam abraça-lo ou ao menos tocar a mão. Depois da entrada super simpática do queridão, que diminuiu a distância entre ídolo e fã, metade do Teatro já se encontrava de pé cantando a primeira música, quando a outra metade começou a gritar “Senta”. Isso já deixou claro o público e o sistema adotado para o show, do tipo norte-americano, onde os fãs ficam sentadinhos, quietos e bem comportados. Por sorte, alguns se mantiveram e lutaram por seu lugar na vertical, obrigando o público restante a se render ao carisma e prestígio que o brasileiro demonstra em todo show que aterrissa em nosso solo.

Os integrantes da banda vestiam um traje puramente inglês, que por sinal deveria estar demasiadamente infernal por dentro, enquanto o queridinho estava de jeans e camiseta, simples, despojado e elegante.

Outra questão da estrutura que foi bastante comentado pelos fãs foi a iluminação. Não tem como negar que um dos destaques do show foi realmente a própria, não faltou cor nem tecnologia, cada música vinha acompanhada de um colorido diferente e de uma nova sincronia. Os canhões de luz dançavam pelo palco em um ritmo extremamente hipnótico, onde por vezes nos perdíamos e voltávamos a procurar o cantor em meio ao tiroteio de luzes.

Haaa, vale lembrar das solicitações ‘pouco’ exigentes do cantor para o camarim. Não lembra?? Então clica aqui!

Em suma foi um grande show no Teatro do Sesi, com pessoas bonitas, estrutura fantástica e muita música boa!

As fotos do show e do público você confere na próxima edição da Revista Eléve, na coluna @aguzzoliperes !!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: