Adeus, amigo….

31 Dez

“Muito obrigado 2011, estar contigo durante esses 12 últimos meses foi algo surreal. Foram momentos inesquecíveis, como sempre há, mas diferente de uma forma quase que igual. Claro que não foi perfeito, mas que relação é?? Enfrentamos juntos diversos percalços e tropeçamos milhares de vezes…até rimos um do outro em alguma delas. Foi divertido viver contigo tão intensamente, te colocar em cada cabeçalho de folha, te ler diariamente na agenda e te riscar euforicamente nos calendário de geladeira.

Lembrar é se afundar em nostalgia profunda…coisa boa foi!

Para cada briga em que me envolvi, beijei o dobro.

Para cada término de relação, comi um prato delicioso de pasta italiana!

Para cada compromisso em que me meti, tive tardes inteiras ao sol com amigos.

Para cada amigo que se distanciou, pude conhecer outros fantásticos!

Para cada conhecido que adoeceu, outro venceu um câncer!

Para cada lágrima que meus amigos deixaram cair por descuido, vi centenas de sorrisos se perdendo em registros.

Para cada R$10,00 que gastei em besteira, outros R$100,00 foram em boas ações.

Para cada TCHAU que dei, surgiam outras pencas de OI’s!

Realmente 2011, fomos irmão quase que siameses, vivemos tudo isso juntos e não nos separamos por nenhum instante sequer. Eu quis parar, congelar e desistir várias vezes…pensava que você seguiria comigo rumo a derrota, como soldados irmãos que percebem a hora de parar. Então eu dormia e no outro dia quando ia te cumprimentar, percebia que tu havias carregado a tempestade pro passado, virado a folhinha e me presenteado com outro dia, me obrigando a seguirem frente. Foram tapas e tapas que me arremessasse, embora quase mudo, sinto que te ouvia dizer: “CHEGA, É OUTRO DIA, TE LEVANTA!” e lá ia eu um tanto quanto obediente seguir o conselho do amigo-irmão.

Pena que dura tão pouco né? Mania do ser humano em encerrar ciclos, não sei se isso renova ou não, ou até talvez seja eu o problema, tenha medo de novas fases, novos desafios e um novo companheiro…2012.

Será que vamos nos identificar tanto quanto eu e tu? Não pode, não é possível! Me recuso a livrar-me de ti, a ter apenas mais algumas horas de contato…tu és como uma borboleta que surge para encantar mas que logo se vai. Não aceito isso.

Depois de hoje tu será só lembranças, mas não te preocupes, pois mesmo que eu quisesse muito, que eu vivesse pra isso, jamais esqueceria dos dias que passamos juntos, é impossível!

Bom, as linhas já assumem um tom de despedida, e me junto a ele para fazer delas um misto de sentimentalismo com novas expectativas. A pedido teu, me despeço e recebo de braços abertos teu irmão, 2012, como se fosse meu, assim como tu fora. E desejo, de coração que seja tão bom e gratificante quanto tu.

Obrigado querido amigo, agora descanse, foram 12 meses me vigiando e me jogando pra frente, sem sequer olhar pra traz.

Viverei momentos incríveis de agora em diante, e sempre com os ensinamentos que aprendemos em tempos de outrora.

Adeus, amigo.”

 Fernando Aguzzoli Peres (31.12.11)

Queridos amigos, familiares e leitores, impossível terminar o ano sem me dar ao mínimo trabalho de agradecer a companhia de vocês! Alguns momentos da vida passariam despercebidos se não fosse pelas pessoas que conosco viveram cada segundo deles…Desculpe pelo pequeno abandono de final de ano, coloco a culpa um pouco no trabalho, outro pouco na minha viagem, e outro pouco em mim mesmo…Mas como promessa de final de ano deixo aqui minha jura de que em 2012 o blog bombará não só com notícias e notas sociais, mas com muitas matérias sobre turismo, gastronomia, cultura, cinema e muito mais!

Obrigado por acessarem todos os dias o blog que faço com tanto carinho, e pelo retorno maravilhoso que me deram nesse ano de tantas vitórias! Espero sinceramente que o ano de vocês tenha sido tão bom quanto o meu, e que 2012 triplique todos esses momentos fantásticos!

FELIZ ANO NOVO PRA TODOS VOCÊS, SEUS LINDOS E LINDAS!

2 Respostas to “Adeus, amigo….”

  1. Emanuel Mattos 31/12/2011 às 23:28 #

    Muito bom, Fernando.
    Tratar datas como um irmão é bem visceral.
    Ao menos o resultado foi.
    Leitor assíduo, seguirei fiel, não importa o ano.
    Forte abraço.

  2. Cris Mazzei 05/01/2012 às 03:06 #

    Linda mensagem..crônica..a última página do diário…expressa a beleza e o amor que tens na alma…sucesso!!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: